Efeito ‘Ondestou?’

Ontem eu me deparei com mais um indivíduo que me olhou numa mesa de bar e falou “Ah, se eu tivesse meu próprio apartamento e um Honda Civic na garagem…”. E eu dei a mesma resposta de sempre: Não mudaria muita coisa. Claro, sempre é numa mesa de bar. E claro, sempre é no meio de um assunto envolvendo a tag #mulheres. E sempre, sempre – sempre eu poderia estar muito errado!

Eu nunca teria coragem de dizer que é ruim. E alguém teria? Claro, eu conheço muita gente que pensa “Não troco meu carro com embreagem e a comida da mamãe por nada!”. #fail x 2. Mas eu fico quietinho. Só o que eu quero dizer é que a gente pensa que viver “igual a fulano seria ótimo!”. Mas o que a gente nunca considera são as variações em todos os seus pensamentos. Se você fosse igual você é hoje e simplesmente aparecesse um apartamento próprio e um carro novo na garagem, tudo bem. Mas isso nunca acontece. Sua vida, suas idéias, suas impressões e conceitos sofrem uma série de mudanças pra se chegar de um ponto X até um ponto Y.

E isso leva diretamente ao ditado popular “Deus não dá asa a cobra”. Muita gente já disse isso pra mim. Mas será? Talvez, mas a minha teoria é mais profunda. Você vive de uma maneira, e, pra você, está é a maneira normal – pelo menos quando você se acostumar. E, partindo daí, todas as diferenças que você considere boas, serão os “ah, se eu tivesse isso”. E, também de maneira contrária, muitas coisas boas que temos, por considerarmos “a maneira normal de ser”, portanto nada demais, não damos o devido valor.

É a maneira como somos, defendo eu. Fizemos uma besteira no trânsito hoje. Dirigimos com absurda atenção pelas próximas duas semanas. Depois, nos acostumamos e perdemos a atenção; e voltamos a dirigir como dirigiamos quando fizemos aquela besteira.

E olhe que eu nem iria escrever sobre isso. Mas saiu, e agora já foi! Pensei sobre tudo isso hoje de manhã, enquanto escovava os dentes e vi meu banheiro limpinho, coisa mais linda.

Sim, eu demorei um bocado escovando os dentes! E minha noite de sono foi estranha… acho que todo esse post é resultado de um trabalho de Inebriation ¬¬